Olá, bem-vindos à coluna ” Travel4Two (T4T)“, que em inglês quer dizer “viagem para dois”.

Somos Bruna e Diego, primos da Patty Gattone, fundadora do blog Espaço de Mulher. Nosso principal objetivo é colaborar com esse espaço dando dicas para quem esta a fim de imigrar para a Ilha Esmeralda (como é conhecida a Irlanda). Vamos compartilhar pontos turísticos, “eurotrips” e a vida a dois nesse país maravilhoso. Tudo terá um toque especial de nossas experiências no dia a dia do universo irlandês.

Foto: arquivo pessoal

À esquerda eu, Bruna, e à direita, Diego. Foto: arquivo pessoal

Como tudo começou….

Resolvemos mudar para a Irlanda com o objetivo de estudar e aprimorar nossa segunda língua, o inglês. Pesquisamos países como Bélgica, Austrália, Canadá e, por fim, encontramos a Irlanda. É um país pequeno, com intercâmbio mais em conta e permissão de trabalho. E o melhor… \o/ eeee…. faz parte da União Europeia, o que facilita e muito para quem tem cidadania europeia – no nosso caso a portuguesa.

Pesquisamos vários preços de intercâmbio, mercado de trabalho, e quanto mais pesquisávamos mais dúvidas surgiam. Depois da mudança no prazo de validade do visto para ficar na Irlanda (reduziu de um ano para oito meses, além das diversas escolas fechadas e pessoas desesperadas nos grupos do Facebook pedindo ajuda) nossa ida para a Irlanda se tornou mais preocupante. O que manteve nossa meta em pé foi que não estávamos dispostos a desistir. Afinal, já tínhamos um curso pago e as passagens compradas.

Terminamos de comprar os euros (o que aconteceu numa época terrível de instabilidade econômica no Brasi, em 2015, na qual acompanhávamos feito doidos, de hora em hora para ver se a cotação estava mais baixa – doce ilusão). Feito isso, e depois de um ano comprando euros, fechamos nossas malas e embarcamos rumo à Europa.

Não trouxemos muita coisa e não nos arrependemos disso. Muito peso só da dor de cabeça e ocupa espaço, principalmente se você esta vindo para ficar em uma acomodação que, muitas vezes, não tem espaço no quarto para guardar suas malas. Enfim, trouxemos duas malas cada um (duas pesando 20kg e duas pesando 8 kg).

irlanda 2

Nós saímos de Sampa dia 27/01/16. Diego embarcou pela AirFrance e eu, Bruna, pela Ibéria. Ele fez escala em Paris e eu em Madrid. As duas companhias são boas. Eu, Bruna, só não curti a escala em Madrid porque a Ibéria tem um sério problema no que diz respeito aos portões de embarque do aeroporto.

Resumindo, o portão de embarque que estava impresso no meu bilhete estava errado. E aí, em Madrid, ninguém passava a informação correta e pediam para eu e mais umas 15 pessoas aguardamos, faltando apenas 15 minutos para o embarque. Informaram que o portão fora alterado, nos buscaram de van, fomos para num lugar, depois fomos para outro, enfim, foi corrido e preocupante. Entramos no avião com ele quase partindo. MAASSS eu a recomendo.

Imigração

O Diego tinha o passaporte europeu, então, na imigração ele não teve problemas na escala em Paris. Mas aqui, em Dublin, fizeram algumas perguntas que jamais imaginaríamos que fizessem. Até porque em todas as nossas pesquisas feitas aí no Brasil, cidadão europeu não responderia praticamente nada e ficaria tudo numa boa.

irlanda3

Perguntaram para ele, por exemplo, quando ele iria embora, se tinha passagem de volta e ele teve que passar a mala duas vezes no raio X (kkkk cismaram).

Comigo foi tudo tranquilo, tanto em Madrid quanto aqui em Dublin. Cheguei na imigração com tudo na mão: carta da escola onde eu fechei um curso, da acomodação e o passaporte. O fiscal pegou tudo e pediu pra ver o dinheiro (eu mostrei mais ele nem quis contar). Ele só explicou que eu tinha até o dia 27/04 (três meses) para regularizar minha situação e, então… bem-vinda a Dublin.

Para quem pensa em vir no inverno como a gente, venham, não tem problema. É frio, mas você acostuma. A temperatura média que pegamos aqui foi mínimo de 5ºC e máximo de 10º C. É ruim porque o choque é de uma vez, mas o bom é que quando chegar o verão você estará de boa e até com calor (eu espero rs).

Chuva!!!! 

No Brasil, ouvíamos cada história deprimente, do tipo: “lá só chove, não tem sol, clima horrível”. Calma, não é assim, não. Claro que não bate 34º C na sombra, mas não é nada que possa estragar o seu dia ou detonar com um passeio.

A chuva é fraca, raramente cai aquele temporal e, normalmente, você nem percebe que está chovendo. O problema é que quando o dia está para chuva… esquece, vai chover o dia todo de 5 em 5 minutos. Ahh e desiste do guarda-chuva, o vento não permite (eu tento mas é difícil).

Acomodação e como alugar um espaço para morar a dois, deixamos para a próxima coluna.

Vamos contar tudo o que aconteceu com a gente e como está a situação atual!!!

Até a próxima! Beijos, bye !!

(T4T)

© Espaco de mulher, 2013. Todos os direitos reservados. layout por sara silva subir