Entrevista: Giovanna Antonelli

A nossa entrevistada dessa semana é, atualmente, a delegada mais amada e conhecida entre os brasileiros e brasileiras! Ela está fazendo um super sucesso na novela Salve Jorge, que acaba na próxima semana…. ela é Giovanna Antonelli ou  carinhosamente conhecida como “delegada Helô”.

Há poucos dias da trama da TV Globo chegar ao fim tentei ‘roubar’ um pouquinho do tempo dela para fazer uma entrevista exclusiva para as leitoras do blog. E os (as) fãs já podem se preparar porque a atriz já tem planos para depois da novela. “Vou rodar um filme, o ‘SOS MULHERES AO MAR’, em um navio na Itália”, conta. 

Fotos: reprodução

Confira a seguir a entrevista e, se quiser, você pode acompanhar  Instagram da Giovanna.

-Por que você acha que a delegada Helô está fazendo tanto sucesso?
Acredito que seja um conjunto de fatores.  O texto, a direção e a química com os atores. Além disso, a Helô na vida pessoal é uma mulher fácil de se identificar. Essa relação entre ela e o marido é comum nos casais de hoje em dia.

- Você se identifica com a sua personagem? Por quê?
Jamais conseguiria ser uma delegada, não tenho estômago para isso e minha relação com meu marido e filhos é bem diferente da dela, mas acho a Helô justa como eu.

- A delegada Helô virou referência nacional de moda e todo mundo quer se vestir como a sua personagem. Você acompanha a moda? O que não pode faltar no seu look diário?
Eu não sou uma entendedora de moda, mas diria que sou uma apreciadora. Adoro revistas e sites de moda. Na minha opinião, o segredo é se sentir bem, não importa o estilo.

- Podemos observar na novela que a “Donelô” é a imagem da mulher moderna: trabalha fora o dia todo, mas, ao mesmo tempo, coordena todas as coisas de casa por telefone, chega à noite e assume o papel feminino “incorporando” a mãe e esposa. Quais os segredos para desempenhar todos os papéis de uma mulher e ainda manter a feminilidade e sensualidade?
Nesse sentido somos muito parecidas, também coordeno. O segredo é fazer o que gosta e com prazer, quando é assim arrumamos tempo para tudo.

- Recentemente a Veja publicou uma matéria sobre você com o título “50 tons de Helô”. Você acredita que a mulher brasileira pode se inspirar na Dona Helô e ser mais feliz sexualmente?
Minha personagem tem um relacionamento comum de se ver nos dias de hoje. Eu li o livro e foi daí que resolvi apimentar a relação com o Nero – o Stênio da novela -, dar mais vida a essa relação.

(*Confira  AQUI fotos dos bastidores do casamento de Stênio e Helô e cenas dos últimos capítulos, em Salve Jorge).

- Na sua personagem, você surpreende o Stênio com ações simples num final do dia, depois do trabalho. O que uma mulher que trabalha fora o dia todo pode fazer para não deixar o casamento cair na rotina?
Tem que ter espaço para todos os campos. Profissional, mãe e mulher senão não dá certo. É um trabalho diário.

- É possível perceber na delegada Helô uma mulher realizada profissionalmente, mas que enfrente muitos problemas com a filha. Você concorda com a forma como a delegada educa a filha?
Difícil julgar a educação que cada um da para seus filhos. Eu sou muito diferente da Helo, sou mãe leoa.

Quer conhecer mais sobre a Giovanna Antonelli? Assista a participação dela no Mais Você, programa da Ana Maria Braga, e no Programa da Xuxa. Vale a pena!

Programa da Xuxa

Ana Maria Braga: Parte 2 , Parte 3 , Parte 4 , Parte 5

Posted Under: Divas, Entrevista

Post By patricia (174 Posts)

{ 3 } Comentários até agora, Seus comentários

  1. Adorei…vemos o quanto ela é sincera em suas respostas….admiro seu trabalho e o estilo…

  2. Eu definitivamente não curto essa atriz,eu acho ela muito artificial,muito”Fake” até a voz dela eu acho insuportável com aquele sotaque Carioca bem afetado,mas também o maridinho dela é um diretor global e sempre fará tráfico de influência a favor dela para conseguir bons personagens em novelas!

Responder

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>